Radio

sábado, 2 de março de 2013


Antônio Baixinho no esporte I


A copa de Futebol Antônio Baixinho foi o maior sucesso na vila Neuma. Com 16 equipes inscritas e com a participação de toda comunidade, a Copa foi o maior evento esportivo de todos os tempos que aconteceu no bairro. O grande momento da Copa foi a final entre o ‘Tabajaras’, time de coração do grande do grande cartola, e o Cruzeiro. A superioridade da agremiação cruzeirense era notória e o time de Antonio Baixinho pedia por 2 a 0. No início do segundo tempo, o Cruzeiro faz mais um. Antônio Baixinho usando de suas prerrogativas, que o poder lhe confere, entra em campo, expulsa o juiz e ele mesmo continua a partida como árbitro. O time do Tabajaras sofre três pênaltis e empata a partida.
Aos 48 minutos, um atacante dos Tabajaras completamente impedido e com ajuda da mão vira o placar para 4 a 3. E tome cachaça e forró na vila Neuma. Pois como diz o grande Antônio Baixinho:
     Eu não sou besta de fazer Copa pra time meu ser vice-campeão.