Radio

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Pescocim



Na vila Neuma existe um sujeito muito invocado que nasceu praticamente sem pescoço. A galera, que não deixa por menos, botou o apelido nele de ‘Pescocim’. Por conta disso, já ia havendo até morte, pois o invocado deu uma facada num rapaz por tê-lo chamado de Pescocim. Todos na vila têm o maior medo dele e ninguém era besta de chamá-lo pelo apelido, já que a boca era quente. Como na vila tem todo tipo  de malandragem, eis que aparece um malandro e diz ser capaz de chamar o valentão pelo incômodo apelido. O malandro foi aconselhado a não se meter com a fera, mas irredutivelmente disse que até apostaria.
Foram feitas várias apostas. A galera estava num boteco tomando cachaça e jogando sinuca quando de repente aparece Pescocim. O malandro entra em ação e, se dirigindo ao encontro de Pescocim, diz:
     Rapaz, você tá lembrado daquela pescaria que nós fizemos e pegamos aquele tambaqui de 12 quilos? Pescocim grosseiramente responde:
     Não foi comigo não!
     Foi. Você já pescou comigo __ retrucou o malando.
     Pesquei não! – disse Pescocim já irritado.
     Pescou sim! __ finalizou o malandro.