Radio

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Novamente no Hospital


Antônio Baixinho leva uma eleitora sua acompanhada do marido. Ao terminar a consulta, o médico, mesmo percebendo que o marido da paciente estava uma tanto quanto apressado, falou:

     A esposa do senhor vai ter que tomar uma lavagem.

     O marido, mais grosso do que pescoço de estivador, olha para Antônio Baixinho e, segurando no braço da esposa, encarou o médico e disse:

     Dotô, minha muié num é nem uma poica pra tomar lavagem não! Ouviu! 


Escrito: Giovani de Oliveira




Clique e Ganhe